Usar guirlandas em portas é uma tradição mais antiga que o próprio Natal. O ato de colocar flores e plantas penduradas nas entradas das casas da Grécia antiga, era uma superstição para atrair os deuses e suas bençãos para as pessoas que ali moravam.

Na Roma antiga as guirlandas foram usadas como um amuleto para se proteger de más influências e em casa de pessoas que estavam doentes, elas eram postas para atrair saúde. Há também relatos semelhantes para com seu uso na cultura egípcia e alemã. Com o tempo a guirlanda também foi usada como meio de mostrar que se a estava de luto ou que se solidarizava com o luto de outra família, e foi nessa tradição que o cristianismo se apropriou desse ornamento para honrar os momentos de dor da Paixão de Cristo.

Esse costume acabou se tornando frequente em todas as comemorações do calendário cristão, principalmente no Natal.

Agora é hora de se inspirar! Você já pensou em fazer sua própria Guirlanda? Essa pode ser uma ideia interessante e que você pode envolver as pessoas que moram na sua casa.

E não é nada complicado, tudo o que você precisa é:Fio de arame recozido (se encontra fácil em lojas de artesanato)Plantas e outras decorações que você preferir.

É aconselhável usar pinhos secos, musgos, ciprestes e ramos de pinheiro. O que você precisa fazer é um arco com o arame e prender nele primeiro as plantas e depois os adornos: fitas, bolas, frutas artificiais etc. Viu? Sem muito segredo não é mesmo?