Artigos grátis

COMO UMA EMPRESA DE PAISAGISMO PODE SE BENEFICAR DE UM PLANO DE NEGOCIOS

COMO O PAISAGISMO PODE SE BENEFICIAR DE UM PLANO DE NEGOCIOS

Vivemos um momento de saturação de oferta de serviços, isso afeta a todos, inclusive o setor de paisagismo.

Vivemos também um momento de empoderamento do consumidor, onde o processo de compra começa pelo relacionamento via web e pela credibilidade que uma empresa consegue construir junto a comunidade.

Finalmente, mesmo com restrição de renda, presenciamos o crescimento de dois apelos que geram grandes oportunidades:

  • Valorização das soluções em detrimento dos produtos
  • Demanda por espaços “eu mereço” onde conseguimos tanto confraternizar, como oferecer espaços acolhedores para clientes.

Esses são os drivers para orientar um plano de negócios para uma empresa de paisagismo.

A percepção de qualidade na entrega de serviços depende de 3 fatores:

  • Forma de uso pelo cliente
  • Canal de fornecimento
  • Agente de entrega

Isso tudo é consolidado no plano de negocio. Cabe a ele criar um espaço para analisar o modelo de negocio atual, a forma de construção de credibilidade, a forma de criar visibilidade, a forma de racionalizar processos, de customizar entregas, de fazer follow up e finalmente a forma de abordagem no processo de vendas.

Para implementar, temos que observar os seguintes pontos críticos:

  1. Quais são nossos atuais pontos fracos?
  2. Quais os pontos de dor dos clientes na compra de serviços de jardinagem?
  3. Que tipo de inovação, disruptiva ou continuada, podemos adotar?
  4. Como conseguimos engajar os consumidores no relacionamento com a empresa?
  5. Como podemos engajar os funcionários com o processo de inovação e marketing da empresa?
  6. Qual painel de gestão para monitorar o desempenho de nossa estratégia de negócios?
  7. Quais campanhas de responsabilidade social poderíamos nos envolver?
  8. De que forma realizamos hoje nossa presença digital? Estamos satisfeitos?
  9. Que tipo de parcerias estratégicas poderíamos buscar para fomentar negócios e potencializar as propostas?
  10. Como podemos construir encadeamentos com fornecedores para criar mais força de ação junto ao mercado?
  11. De que forma criamos valor para nossos clientes institucionais?

Através dos programas de qualidade e das oficinas de planejamento participativo, podemos levantar os dados necessários para desenhar essas trilhas.

Além disso, através da discussão de hipóteses de mercado podemos acelerar o aprendizado e o desenho de soluções.

Assim como a gastronomia, estruturar um modelo de negócios em paisagismo exige mais do que a receita dos ingredientes, mas saber dosar a quantidade, saber monitorar o processo, ter ousadia para inovar com combinações inesperadas e ter uma forma de apresentação que seja empolgante.

Começam a despontar sinais de que a econômica mostrara reação, aqueles que estiverem preparados colherão os benefícios na frente da concorrência e terão um negocio economicamente sustentável.

Augusto Aki – consultor de foco no mercado

augustoaki@dglnet.com.br      www.projetossetoriais.com.br

×

Compartilhar artigo por e-mail

Comentários

  1. Jorge Pardim15/05/2017

    Olá, parabéns pelo artigo!
    Conteúdo muito bom e de fácil entendimento!
    Grande abraço!
    Ps. Se precisar, conte conosco para dicas e informações sobre tipos de
    grama nos links abaixo.
    Grama Esmeralda
    Grama Batatais
    Grama São Carlos
    Grama Bermudas
    Grama Santo Agostinho
    Grama Coreana

    Responder
    • augusto aki20/05/2017

      Ola Jorge, obrigado pelo contato! Sinta-se a vontade para mandar artigos e conteudos sobre o mercado da grama e se desejar, pense num anuncio aqui no site, Tem bastante gente do segmento de paisagismo e gardens e pode ser de bom resultado, ok? AUgusto

      Responder

Postar um comentário